Com o lema “o trabalho continua”, a Prefeitura de Itacaré segue com as obras da 2ª e 3ª etapas dos serviços requalificação urbana e fluvial da Avenida Castro Alves, a orla da cidade, com o objetivo de deixar ainda mais bonito um dos principais cartões postais do município. A obra faz parte do trabalho que já vem sendo implementado em todo o município de melhorias na cidade, requalificação dos pontos turísticos e pavimentação nos bairros, para garantir uma melhor qualidade de vida para os moradores e também o desenvolvimento do turismo.
O prefeito Antônio de Anízio informou que a proposta é dá prosseguimento a todas as obras que já vem sendo realizadas na cidade, além de iniciar muito mais serviços importantes em todo o município. De acordo com ele, primeira etapa das obras já foi realizada, no trecho que vai do Posto São Miguel, no final da orla, até o farol da Concha, onde foi executada a pavimentação das ruas e passeios.
A 2ª etapa vai do Posto São Miguel até a praça São Miguel e faz parte de uma emenda do deputado federal Ronaldo Carleto, no valor de R$ 644.530,26. Já a 3ª etapa das obras será da Praça São Miguel até o Forte, através de uma emenda do deputado federal Nelson Pelegrino, no valor de R$ 366.322,84. Nesse primeiro momento estará sendo executado o passeio externo. O objetivo é que cada serviço iniciado seja concluído, de forma a ter funcionalidade imediata.
As discussões sobre o projeto foram coordenadas pelo Secretaria de Desenvolvimento Urbano, que destacou, na oportunidade, que em ambas as etapas, 2ª e 3ª, estão previstos o alargamento e pavimentação em intertravado de concreto do passeio e calçada externa, construção de rampas de acesso à praia, recolocação dos paralelepípedos na via de circulação de veículos, revisão do sistema de drenagem, calçadão, ciclovia e canteiros gramados.

O governador Rui Costa estará nesta quarta-feira (25), em Ilhéus para visitar o canteiro de obras do Porto Sul. A ida do governador à cidade marca o início da primeira fase das obras, correspondente à construção de vias, instalação de sinalização, pontes, implantação de redes elétrica e de água, entre outros, viabilizando a etapa seguinte de construção e desenvolvimento da estrutura do empreendimento.

O novo terminal portuário, que vai ampliar o corredor logístico do estado, é uma realização do Governo da Bahia e da Bahia Mineração (Bamin), que estará representada na visita pelo presidente-diretor da empresa, Eduardo Ledsham. Também estarão presentes o presidente-diretor da Eurasian Resources Group (ERG), controladora da Bamin, Benedikt Sobotka, e o diretor nas Américas da ERG, Erik Gaustad.

O investimento total nas obras do Porto Sul é de R$ 2,5 bilhões. Esta fase vai criar 400 empregos diretos no pico da implantação, com a expectativa de geração de outros 1.200 empregos indiretos.


Caso haja alguma dúvida sobre as eleições, o eleitor deve procurar os canais oficias da Justiça Eleitoral.

Um link que passou a ser divulgado nas redes sociais e em aplicativos de mensagens que daria a possibilidade de realizar um cadastro para votar pelo celular, ao invés de presencialmente, é golpe. O alerta foi feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta quarta-feira (11).

De acordo com o TSE, este tipo de mensagem, via e-mail ou aplicativos de celular, é comum todos os anos e se intensifica durante o período eleitoral. O eleitor sempre é convidado a clicar em um link que traz mais detalhes sobre o tema tratado na mensagem falsa.

Ainda conforme o órgão, ao que tudo indica, este tipo de fake news é enviada por criminosos com o intuito de coletar dados dos cidadãos, como o número do CPF, para serem usados em golpes.

O TSE também alerta que, caso haja alguma dúvida sobre as eleições, o eleitor deve procurar os canais oficias da Justiça Eleitoral, que são o próprio TSE e os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).


As fiscalizações “escondidas”, com radares portáteis, da velocidade de veículos em vias terrestres estão proibidas. A medida entrou em vigor no dia 1º de novembro. A proibição desse tipo de atuação é um dos pontos da resolução 798 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), publicada no DOU (Diário Oficial da União) no início de outubro. O uso dos radares portáteis segue permitido, mas apenas quando o operador estiver devidamente uniformizado e tanto ele quanto o equipamento não tenham a visibilidade comprometida – seja por estarem dentro de carros ou cobertos por placas, árvores e postes, por exemplo. Sua utilização também depende da velocidade da via, podendo ser aplicado em vias urbanas e estradas com limite mínimo de 60 km/h e rodovias com limite mínimo de 80 km/h.

As novas regras obrigam ainda os responsáveis pelas vias, seja poder público ou concessionárias, a informar em sites na internet os endereços de todos os radares fixos e os trechos em que equipamentos portáteis podem ser utilizados. Os dados de novos radares, ou aqueles que mudarem de localização, já devem estar inclusos nos portais a partir de novembro. Os medidores já em funcionamento deverão ter as informações disponíveis até novembro do ano que vem.

Os equipamentos fixos também não podem estar ocultos, fixados em árvores, postes de energia elétrica ou obras de engenharia. A sinalização desses radares é prevista tanto antes quanto junto aos medidores. A resolução define ainda que, a partir de maio de 2022, todos os equipamentos, fixos ou portáteis, deverão ser capazes de fotografar o flagrante de excesso de velocidade.


A Universidade de Oxford e o laboratório AstraZeneca anunciaram hoje (26) que a vacina que desenvolvem contra a covid-19 induziu uma “forte resposta imune” em idosos que participaram da fase 2 de testes no Reino Unido. Segundo eles, os resultados preliminares serão publicados “nas próximas semanas” em revista científica. A vacina foi testada em grupos de 56 a 69 anos e em um segundo grupo acima de 70 anos.

A segunda etapa dos testes verifica a segurança e capacidade da vacina em gerar resposta do sistema de defesa do corpo, com a participação de centenas de voluntários. A vacina de Oxford é uma das quatro que estão sendo testadas no Brasil, já na fase 3, a última antes da liberação. Para a AstraZeneca, o resultado é “encorajador”.(Forte na Notícia)


O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou, por unanimidade, que o eleitor não pode ser impedido de votar caso não tenha em mãos o título de eleitor, sendo obrigatória somente a apresentação de documento oficial com foto. Com a decisão, os ministros do Supremo tornaram definitiva uma decisão liminar concedida pelo plenário às vésperas da eleição geral de 2010, a pedido do PT. O julgamento de mérito foi encerrado ontem (19) à noite no plenário virtual, ambiente digital em que os ministros têm um prazo, em geral, de uma semana, para votar por escrito.

Em uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI), o PT havia questionado a validade de dispositivos da minirreforma eleitoral de 2009 (Lei 12.034), que introduziu na Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) a exigência de apresentação do título de eleitor como condição para votar.

Os ministros entenderam, agora de modo definitivo, que exigir que o eleitor carregue o título de eleitor como condição para votar não tem efeito prático para evitar fraudes, uma vez que o documento não tem foto, e constitui “óbice desnecessário ao exercício do voto pelo eleitor, direito fundamental estruturante da democracia”, conforme escreveu em seu voto a relatora ministra Rosa Weber. *Com informações da Agência Brasil


João Leão preside PP-BA | Foto: Elias Dantas / Ag. Haack / Bahia Notícias.

A Bahia é o segundo estado brasileiro que mais receberá verba do Fundo Eleitoral de Financiamento de Campanha (FEFC), também chamado de fundo eleitoral, do PP. O Partido do vice-governador João Leão é também o segundo com maior número de prefeitos no estado. O Piauí, reduto do presidente nacional do partido, Ciro Nogueira, foi o mais privilegiado na distribuição da sigla. A legenda tem direito a R$ 140,6 milhões do fundo eleitoral e destinou mais de R$ 10 milhões ao Piauí Na segunda colocação, Rio Grande do Sul e Bahia, receberão cerca de R$ 9 milhões cada um. De acordo com o jornal Estado de S.Paulo na coluna BRPolítico, a prioridade do partido na distribuição foram as candidaturas para prefeito e vice-prefeito. Postulantes a vereador pelo partido poderão receber no máximo 15% dos recursos. (Brumado Urgente)