Brasil supera 4000 pontos, Ítalo Ferreira chegou atrasado no primeiro dia de competições após ter passaporte furtado, conquista ouro do Mundial da ISA (Associação Internacional de Surfe). Medina é bronze

Foto Divulgação/ISA

Ítalo Ferreira, com direito a nota 10 e média recorde 17,77 na final, comandou o show de surfe neste domingo e de todo o ISA Jogos Mundiais de Surf em Kisakihama, Miyazaki, Japão, evento que o Brasil venceu entre 55 seleções e que para países de quatro continentes valeu vagas olímpicas.

Nota 10

Ítalo Ferreira não se esforçou em vão para estar presente nos Jogos Mundiais da Associação Internacional de Surfe (ISA), na praia de Kisakihama, no Japão. O potiguar superou problemas com passaporte furtado. Enfrentou um pouso forçado na chegada ao país. Chegou atrasado no primeiro dia de competições. Entrou na água com uma prancha emprestada e de bermuda jeans. E, neste domingo, conquistou a medalha de ouro da competição.

Foto Divulgação/ISA

Ítalo arriscou tudo ao executar de costas para a onda um aéreo com rotação completa no ar, o que lhe garantiu nota 10 e dominar já no início o confronto de reação tardia do americano Kolohe Andino que no minuto final fez 9,43 indo a 17,06 pontos e tomando a prata do paulista bicampeão mundial Gabriel Medina (14,53), bronze com terceiro lugar na decisão em que o japonês Shun Murakami foi quarto vindo da mesma última repescagem que o potiguar campeão Ítalo Ferreira também encarou.

“Foi uma disputa super incrível”, disse. Ítalo Ferreira. “Quero parabenizar todos os surfistas e países aqui presentes.Estou tão cansado que foram muitas manobras com muitos momentos emocionantes. Eu apenas tentei mostrar o meu melhor surf. ” finalizou o surfista de Baía Formosa, no litoral sul do Rio Grande do Norte.


Atletas  da Associação de Canoagem de Itacaré fizeram história e mostraram mais uma vez o favoritismo conquistando o hexa campeonato brasileiro por equipe, com 775 pontos, neste último final de semana, em Brasília no Distrito Federal.

A segunda colocação ficou mias uma vez com a Associação de Canoagem de Ubaitaba, com 705 pontos e o terceiro lugar ficou com a CRC de Cascavel, no Paraná. Itacaré participou da competição com uma delegação de 36 atletas.

O evento contou com a participação de mais de 460 atletas, representando 40 associações e clubes do país que disputaram 300 provas nas categorias Infantil, Menor, Cadete, Junior, Sênior, Master, além da Paracanoagem. A competição é a mais importante do calendário nacional do ano.


O Presidente da Federação Baiana de Surf Marcelo Barros foi recebido na manhã dessa quinta-feira em Valença pelo Presidente da ASV Ivan Teixeira, do Diretor de Cultura David Terra e do Secretário de Indústria e Comércio Paulo Martins.

Na pauta o assunto tratado foi a Etapa de Surf PRO/AM que deve acontecer no mês de outubro na famosa Praia do Guaibim no Município de Valença.

A Etapa do Guaibim faz parte do Circuito Baiano realizado pela Federação Baiana de Surf com apoio da ASV e trará para a Terceira etapa os melhores surfistas da Bahia e de outros estados.

Segundo o Presidente TEXX essa etapa tem um sabor especial por se tratar da volta da Federação para Valença que há muito tempo precisava ser palco de um evento Profissional de Surf.

O Guaibim vai receber Surfistas Profissionais além das categorias Sub 12, 14, 16, 18, Feminino, Master, Grand Master, Kahuna e Grand Kahuna.

As premiações serão em dinheiro, pranchas, troféus, e Kits. 🏆

Outra reunião está marcada para início de setembro para finalizar detalhes e definir data.


Lagoa Itatiaia, local onde ocorre a 3ª edição dos Jogos Radicais Urbanos. (Leonardo de França, Jornal Midiamax).

O atleta itacareense Jadson Santos, participando neste final de semana  da 3ª edição dos Jogos Radicais Urbanos, na Lagoa Itatiaia, em Campo Grande/MS, valida pelo campeonato brasileiro de Stand Up Paddle. 

Jadson Santos. (Leonardo de França, Jornal Midiamax).

 

Jadson Santos, 30 anos, atual quarto lugar no ranking Brasileiro, e foi participar da competição para elevar a pontuação e subir de posição. Ele cita que o custeio para vir até a capital sul-mato-grossense saiu de seu bolso, já que não há, por enquanto, gente disposta a patrocinar a atividade, afirma.

Diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), Rodrigo Terra, afirmou que o evento traz “um legado na lagoa, alo permanente”. “Queremos utilizar a lagoa com mais um espaço público para prática de esporte”. Ao menos 60 atletas participaram.

A 3ª Edição dos Jogos Radicais Urbano de Campo Grande/MS, conta com mais de 700 atletas nas modalidades de Stand Up Paddle, Mountain Bike e Corrida Pedestre. Fonte: Mídia Max.com.br