De um lado, estão os visitantes que vão a Itacaré, no litoral sul da Bahia, para relaxar, apreciar a tranquilidade de uma boa praia, ouvir o barulho das ondas e conviver em harmonia com a natureza. Há ainda aqueles que aproveitam a época do ano para degustar as delícias oferecidas pelos 42 restaurantes participantes do Festival Gastronômico Sabores de Itacaré, que acontece na cidade até 17 de dezembro. No terceiro grupo, estão os fãs de adrenalina e esportes radicais, que também encontram na localidade uma forma de extravasar e superar limites.

Além do surfe – que incluiu Itacaré na rota de grandes competições nacionais e internacionais -, duas atividades destinadas a este último público têm conquistado cada vez mais adeptos. Aproveitando que a região está em uma Área de Proteção Ambiental (APA), que permite uma maior preservação da Mata Atlântica, a empresa Conduru Ecoturismo oferece um circuito recheado de adrenalina com arvorismo e tirolesas.

A atividade acontece na praia da Ribeira, umas das mais próximas do centro da cidade, e é destinada a pessoas com mais de 1,40m e até 110 kg, que não tenham medo de altura ou estejam dispostas a superá-lo. Para entrar na aventura, é necessário usar um calçado fechado (de preferência tênis), roupas leves que possibilitem mais movimentos e – muito – repelente.

O circuito completo, com todos os obstáculos para atravessar por cima das árvores e mais seis tirolesas de diferentes tamanhos, sai por R$ 80 por pessoa. Caso o cliente queira apenas desfrutar da descida das duas maiores tirolesas em extensão, que passam por cima da praia, deve desembolsar o valor de R$ 40.

20161203_124514
Júnior, Marcos e Henrique são os monitores do arvorismo e das tirolesas (Foto: Thaís Seixas | Cultura Agora)

Os grupos são compostos de até 4 pessoas por guia, que acompanha todos os movimentos e auxilia na segurança dos aventureiros, presos a cabos de aço a todo momento. Nosso grupo foi acompanhado por três monitores, Júnior, Marcos e Henrique, que explicaram cada detalhe e ensinaram como fazer as melhores descidas. Fonte: Cultura Agora

 


A Prainha, em Itacaré, foi o palco escolhido para sediar a terceira e ultima etapa do Circuito Surf Ceal 2017, uma competição escolar, que envolve os alunos de 15 a 18 anos, do Colégio Estadual Aurelino Leal. A disputa final acontecerá nesta quinta-feira (8), a partir das 9:30h.

Inicialmente, o Circuito Surf Ceal teria quatro etapas: uma para cada período letivo (unidade). Porém, não foi possível cumprir este cronograma e, com a proximidade do término do ano letivo, houve a necessidade de antecipação da final. O circuito teve sua duas etapas iniciais no Pontal e na Praia do Resende, respectivamente.

O surfista Felix Martins lidera o ranking com 17 pontos, seguido do seu irmão, Salomão Martins, que tem 12 pontos e tendo Daniel Matos em 3º lugar, com 10 pontos. Jorge Gabriel vem em 4º, com 8 pontos e Erick Bahia aparece na 5ª colocação, com 4 pontos. Além desses, outros nomes aparecem na lista, porém sem chances de título, já que todos somam 2 pontos.

Mas, segundo Diego Brito, professor e organizador do evento, a última etapa terá uma pontuação diferente. “A final será com pontuação diferenciada. O primeiro colocado ganha 15 pontos. O segundo, ganha 10 pontos, o terceiro , 06 pontos e o quarto colocado soma 04 pontos, além de 2 pontos por participação aos demais”, destacou.

De acordo com Brito, o circuito tem o objetivo de ser um evento sócio-educativo, utilizando o surf como elemento protagonista, além de desenvolver e estimular outras atividades físicas, culturais e ambientais, buscando proporcionar uma formação consciente, a preparação de novos esportistas (atletas) e incitar uma vida saudável com relação ao seu corpo, sua cultura e seu ambiente.

“O fato de não termos a quarta etapa não tira o brilho do nosso circuito 2016, que foi muito legal. O Felix venceu a 1ª etapa. Já o Daniel Matos venceu a 2ª. Então, teremos um bom duelo na água nesta quinta-feira, quando conheceremos o campeão deste ano”, finalizou o professor.

Fonte: Surf 73 // Foto: Itamar G. Neto


Com a grande maioria dos hotéis e pousadas lotados para o período de Réveillon. Itacaré segue por mais um ano, como um dos destinos mais procurados no Estado. Entre os destinos mais procurados no estado estão Itacaré, Barra Grande/Maraú, Morro de São Paulo, Ilhéus e Porto Seguro.

Com grande diferencial de outras cidades, Itacaré, alia um conjunto de belas praias, uma mata Atlântica preservada e grande opções de passeios que vão desde navegação nos manguezais, há passeios radicais como Rafting, Rapel, tirolesa e voo livre.

itacare-rafting

E para quem pensa que é só isso, vai se impressionar com a quantidade de opções que a pequena cidade oferece. A sua gente soube bem aproveitar a natureza única do lugar para oferecer aos turistas e visitantes a opção de explorar todo o potencial da natureza, como arvorismo, passeio de canoa, stand up paddle e muita trilha ecologica.

havaizinho-ma-marcio-machado

Mas para quem pensa que ir para uma cidade de praia, é apenas contemplar a natureza, está enganado. O destino ainda oferece opções de esportes como o skate, stand up e surf, numa das melhores praias para o surf no Brasil. Tendo sediado três anos seguidos o Mahalo Surf Eco Festival, etapa válida pelo WQS.

surfecofestival_fotofabricianojunior
Praia da Tiririca // Foto Fabriciano Júnior
Gastronômica local.
A gastronômica traduz toda a exuberância deste pequeno paraíso chamado Itacaré: aromas e sabores em forma de arte passeiam pelo restaurante e apresentam uma criativa e saborosa culinária contemporânea e regional subdivididos em mais 80 bares e restaurantes e cabanas de praia, com cardápio variadíssimo de opções gastronômicas e prazeres gustativos, misturando sabores regionais com amostras de grande parte da culinária do mundo. Por causa dessas características, é possível passar 15 dias em Itacaré, visitando um restaurante diferente a cada jantar.

foto_festival_gastronomico_de_itacare_2015_094

A gastronomia de Itacaré é fortemente impactada pelo mix cultural que a configura, dando-lhe características da cozinha contemporânea. A fartura dos ingredientes utilizados na culinária baiana, e estes associados às especiarias exóticas das diferentes cozinhas do mundo trazidas na bagagem dos chef’s e práticos da cozinha que na cidade aportaram, traduzem o resultado de tudo isso na forma de pratos deliciosos que vão da culinária local aos pratos mais sofisticados e exóticos, uma experiência que vale a pena repetir. O bom mesmo é viver a experiência, então, melhor é conferir pessoalmente esse inesquecível prazer gastronômico que Itacaré proporciona. Vale salientar que boa parte dos bares e restaurantes mantém música ao vivo como um atrativo extra para os seus clientes.

Hospedagem em Itacaré.

A cidade conta com mais de oito mil leitos de hospedagem e 174 bares e restaurantes, divididos entre quatro hotéis, 84 pousadas, 52 casas de temporadas, 27 flats, nove Camping, seis hostels e duas hospedagens rurais. O destino turístico tem opções para todos os gostos. Isso sem falar nas 14 encantadoras praias, seis delas urbanas que muitas vezes podem ser vistas da janela do quarto.

Casas para Temporada em Itacaré.

Outra opção para quem quer gastar menos, são as inúmeras opções de casas disponíveis para temporada de Natal/Réveillon, mês de Janeiro e também Carnaval.
11048713_909613349059983_4663900593483878651_n
E segundo o corretor de Imóveis Adriano Mendonça, está tendo grande procura, principalmente com preço bem acessíveis e praticamente para todos os bolsos e gostos. Para ter mais informações ligue: (73) 99973-4616 – Adriano Mendonça.

Show da Virada.

Há quem prefira ir a cidadezinha do interior da Bahia, ha mais de 350 Km da Capital do Estado,  para ir as baladas. Itacaré, oferece muitas opções de festa, tem para os curtidores do reggae, do forró, e até mesmo do arrocha. E nesta opção de Virada de Ano, a mais indicada é o Réveillon da mais tradicional cabana de praia, a Cabana Corais, que vai oferecer opções musicais, queima de fogos, e opções de pista, camarote open bar. O melhor de tudo isso, na Cabana Corais, é o clima de confraternização que toma conta do lugar. Tudo com muita tranquilidade, por isso a produção do evento se preocupa com os mínimos detalhes. Esse Réveillon já acontece há 20 anos na praia e já se tornou o principal de Itacaré.

rev-face-png

 

A festa será animada pelas Bandas: Os My Friends, Pali OJC e Dj’s!

GARANTA O SEU INGRESSO

Compre seu ingresso ONLINE em qualquer lugar do Brasil:

Pista: R$70,00 | 1º Lote ( Até 01/12 )

Compre seu Ingresso Clicando Aqui  – Sympla ( Até 01/12)

Camarote: R$220,00 | 1º Lote

Compre seu Ingresso Clicando Aqui  – Sympla ( Até 01/12)

O que fazer em Itacaré.

12391099_1086266508073187_2452444568559991793_n

Uma boa pedida quando o assunto é passeios em Itacaré é a Fertur Transporte e Turismo fundada em 2000, vem atuando no segmento de Traslado, Locação e Turismo, pioneiros na atividade.

Prainha (Considerada uma das dez praias mais bonitas do pais)

Esplendida! Está é a definição da Prainha. Um belíssimo coqueiral corre por toda sua areia, oferecendo agradáveis sombras e dando um charme a parte. Dois morros verdes, um em cada ponta da enseada, completam a obra de arte de forma simétrica. Cartão postal da cidade, a Prainha esta entre as praias mais lindas do Brasil.

img_1188-1024x682

Seu acesso se dá a partir de uma trilha que saí da praia da Ribeira. É recomendável contratar um guia. São uns 40 minutos de caminhada pela mata, passando por riachos e cachoeira. Diversas agências de turismo fazem o passeio. Porém é possível encontrar guias na praia da Ribeira. Que saem em média R$ 30,00 por pessoa (Preço diferenciado para grupos). Apesar de velhas notícias de assaltos, a trilha é tranquila. Começa beirando um rio por dentro da mata. Conforme se aproxima da praia, o caminho se abre e começa a subir, proporcionando um visual fantástico.

Point de surfistas a Prainha conta com uma infraestrutura mínima. Apenas uma barraca atende a praia inteira. É possível beber uma deliciosa e gelada água de coco e desfrutar de uma ducha refrescante.

Praia de Jeribucaçu (Jacaré da boca grande, no Tupi-guarani)

Jeribucaçu é uma das praias de Itacaré que você não pode deixar de conhecer. Este pedacinho de paraíso é localizado a 9 km ao sul de Itacaré: em 6 km na BA-001 haverá uma placa indicando a entrada para uma estrada de terra, mais 3 km leva ao estacionamento (R$5,00).

jeribucacu-itacare

Uma caminhada de 45 minutos, por uma trilha morro a baixo, te leva a um cenário espetacular. O tradicional coqueiral da costa de Itacaré se completa com o encontro entre o Rio Jeribucaçu e o mar. Com areia branca, boas ondas e as águas cristalinas do rio, é um lugar perfeito para os amantes da natureza. É possível contratar jangadas para subir o mangue até a cachoeira da Usina.

Jeribucaçu tem pouca infraestrutura. Algumas barracas vendem água, refrigerante, coco, tapioca e acarajé. Em sua ponta norte, sai uma trilha para uma belíssima praia. Porém, por ser cheia de pedras, não é muito boa para nadar.Também vale super a pena a caminhada até a lindíssima Cachoeira da Usina, apenas 20 min da Praia de Jeribucaçu. Além de linda costuma ficar deserta.

dausina1382560005
Cachoeira da Usina, 20 minutos de caminha saindo da Praia de Jeribucaçu.

Praias do  Havaizinho e Engenhoca (Paraíso do surf e da Tranquilidade)

Duas fantásticas praia de Itacaré são Havaizinho, que além de linda, essa praia é bem isolada e costuma ficar bastante vazia. Seu acesso se da por uma trilha que sai do km 12 da rodovia BA-001, sentido Ilhéus. Uma caminhada leve de 20 minutos por uma mata densa e bem preservada. É possível comprar tapioca, água de coco e refrigerantes e a famosa Cacauroska (Drink servido dentro do cacau) em barracas improvisada na praia.

img_7713

A mesma trilha que leva a lindíssima praia da Engenhoca segue por trilha após o Havaizinho. Com mais 25 minutos andando, chega-se a uma pequena e deslumbrante enseada que fica quase que o ano inteiro bem deserta.Muito linda, com boas ondas e um riacho desembocando no seu canto sul, a praia é muito frequentada por surfistas. Também é possível encontrar água de coco, refrigerantes, cervejas e Tapioca.

da-praia-da-engenhoca
Foto: Ricardo Júnior // Guia Viagem Brasil

Para os mais aventureiros, tem uma trilha a partir da praia do Havaizinho que segue em direção a praia de Itacarezinho.

Famosa Praia de Itacarezinho 

Apesar do nome, é uma das maiores praias de Itacaré: são 3,5 km de muita beleza. Situada a 15 km da cidade, dentro de uma propriedade particular, seu acesso é pela rodovia BA-001. Quem for de ônibus, precisa pegar para Ilhéus e saltar em Itacarezinho. A entrada é gratuita e até a praia são uns 30 minutos de caminhada. Quem for de carro, pode parar no estacionamento na beira da praia, pagando R$30,00.

imagem-do-alto-da-praia-de-itacarezinho
Foto: Ricardo Júnior // Guia Viagem Brasil

Antes mesmo de chegar a praia você fica encantado. Um mirante proporciona uma vista deslumbrante. Vários tons de verdes, uma imensidão de coqueiros e um mar azulado, contrastam formando um quadro. Uma paisagem de tirar o fôlego! Itacarezinho é uma das praias de Itacaré que possui melhor infraestrutura: bares e restaurantes a beira-mar onde é cobrado uma taxa de consumação mínima de R$: 50,00 por pessoa, na praia também há um resort ao longo de sua extensão e ainda uma refrescante bica na ponta norte da praia. Com boas ondas, muitas bancadas de corais e cavernas subaquáticas, a praia é point de mergulho. E para completar este paraíso, as tartarugas marinhas resolveram se reproduzirem neste lugar exuberante. Um espetáculo a parte! Realmente um lugar privilegiado.

Cachoeiras não faltam em Itacaré.

Cachoeira do Tijuípe: a cachoeira fica á 21km da cidade, lado direito da estrada para quem sai de Itacaré, fácil de ser localizada pois há muitas placas no caminho. Para entrar, é preciso pagar uma taxa de R$10 por pessoa. Os carros ficam em cima e é preciso descer em caminhada mais ou menos 1km, acesso leve, de cinco minutos até a cachoeira.

Foto: Expedição Andando por ai.com
Foto: Expedição Andando por ai.com

E apesar de ter apenas quatro metros de queda, a Tijuípe conta com 15 metros de largura, garantindo uma infinidade de corredeiras e poços que garantem refrescantes mergulhos. Além de um pequeno viveiro com plantas e flores raras. Pode-se fazer passeio de caiaque (taxa de R$ 10,00) até uma segunda pequena cachoeira.Um lugar belíssimo.

Cachoeira do Cleandro – (Passeio de Canoa pelo Rio das Contas)
Acesso lancha ou canoa. A cachoeira se encontra dentro de uma fazenda que possui roça de cacau, cravo e criação de guaiamum. Passeio agradável, com acesso fácil e tranquilo, São 3 quedas com uma piscina natural boa para banho.
cachoeira-do-cleandro-itacare
Cachoeira do Cleando // Foto: Dimas de Campos

Na fazenda existe um restaurante que serve tira-gostos, bebidas, moquecas e a famosa galinha caipira.O passeio sai em média R$: 35,00 por pessoa.

Cachoeira da Pancada Grande – Uma das maiores quedas d’água de região, com aproximadamente 40 metros de altura, a Cachoeira da Pancada Grande fica a 1 hora de barco, ou 35 minutos de lancha subindo o rio de Contas e mais 40 minutos de caminhada por uma trilha.

Cachoeira do Azevedo – Passeio tranquilo e relaxante subindo o Rio de Contas de Canoa a motor ou lancha pelo manguezal do rio de contas com opção de paradas em prainhas, no rio restaurante a beira do rio e uma trilha para a sensacional cachoeira do Azevedo com altura de 26 metros proposicionais.

Cachoeira do Bom Sossego – Não muito divulgada, a Cachoeira fica cerca de 09km da cidade sentido Ilhéus, é uma ótima opção para quem aprecia tranquilidade e principalmente a gastronomia Caseira.

1959245_906376779377468_3531564559457245238_n

O local oferece um restaurante simples e atendimento na beira da cachoeira. Uma boa dica é a Galinha caipira!!

10885578_1038392862842525_2356820621916223215_n

Praias Urbanas – Um encanto a parte.

Praia da Concha (em Itacaré): bem no centro. A areia é lotada de cadeiras, mesas e guarda-sóis das dezenas de barracas instaladas ali. O mar está em um recorte da costa e por isso as águas são bem calmas, muito gostosas para o banho. Há também aluguéis de pranchas de SUP e caiaques para os mais bem dispostos. Na ponta esquerda da praia há um mirante que dá uma bela vista da cidade e da praia. É um ótimo local para ver o pôr-do-sol.

Praia da Concha - Itacaré
Praia da Concha // Foto: Comfusos

Stand Up Paddle em Itacaré: praia, rio, manguezal e cachoeira!

Saindo da Praia da Concha, entrando no Rio de Contas, passa por um incrível manguezal e vai até a cachoeira. O passeio é um mix de praia, rio, mangue e cachoeira. São oito quilômetros para ir e voltar no total. O desafio parece grande, mas acredite, o esforço vale a pena e até mesmo iniciantes no Stand Up Paddle conseguem fazer. Na praia da Concha  a Escola de Stand up Paddle tem vários pacotes de passeios.

10511259_349067478597989_7571604298660320902_n

Praia do Resende (em Itacaré)

A um quilômetro do Centro – 20 minutos de caminhada , a pequena enseada tem coqueiros, areia branca, boas ondas para o surf, atraindo banhistas e surfistas. Tranquila, não possui cerveja gelada. Aula de capoeira são comuns por ali, infraestrutura mínima.

praia-do-resende

Praia da Tiririca (em Itacaré): próxima ao centro da cidade, é a praia preferida dos surfistas. Para quem, como eu, só vai mesmo ficar na areia e tomar um banho de mar, a praia é bem servida de barracas, que além de comes e bebes alugam cadeiras e guarda-sóis.

pista-de-skate-na-praia-da-tiririca
Foto: Ricardo Júnior // Guia Viagem Brasil
Na areia escura e lisa, existem várias cabanas que servem um delicioso açaí. Além do surf, um dos esportes que podem ser praticados é o frescobol.
turistas-praia-da-tiririca-itacare-ba
Foto: Ricardo Júnior // Guia Viagem Brasil
Praia do Costa
Pequena, com areia branca e solta e muitos coqueiros, a praia do Costa não é indicada pra banhos em função da correnteza. Sem infraestrutura e pouco movimento de banhistas, é procurada apenas para quem quer contemplar o visual.
foto-praia-da-costa-em-itacare-bahia-9608
Foto: Ricardo Júnior // Guia Viagem Brasil
Praia da Ribeira ( A praia mais completa de Itacaré)
A água do mar é azulada e ótima para banho, e em alguns períodos, o mar é propício para a prática de surf. Outra atração dessa praia é um pequeno riacho do rio Ribeira que forma cachoeiras e uma piscina fluvial. Na areia lisa e escura da praia estão as cadeiras e mesas de plástico dos quiosques que colorem o cenário.
foto-praia-da-ribeira-em-itacare-bahia-9551
Foto: Ricardo Júnior // Guia Viagem Brasil
A praia conta com uma infraestrutura mediana e possui cabanas que oferecem petiscos e bebidas.

Conduru Arvorismo – Para os ecoturistas, existe uma tirolesa próximo a praia que é uma das atrações do local. Itacaré possui um dos mais belos circuitos de arvorismo do Brasil. O percurso é composto por vinte atividades entre escadas, falsa baiana e tirolesas, totalizando 227m de trilhas suspensas com plataformas de até 9m de altura e duração média de 01h. Megatiroleza com 200m para até 2 pessoas.

trapezio_1024x768
Foto: Itacaré.com

Taboquinhas – Turismo Rural, esportes radicais e muita cultura.

Rio de contas em Taboquinhas // Foto Rebecca Nayara
Rio de contas em Taboquinhas // Foto Rebecca Nayara

Taboquinhas é um distrito da cidade de Itacaré, na Bahia, que teve importância histórica na época áurea do cacau, quando era sede do município e abrigava grandes fazendas e casarões. O distrito fica a aproximadamente 30 km de Itacaré, com acesso por estrada asfaltada novinha em todo seu percurso revela a vasta Mata Atlântica em que a região de Itacaré está inserida, cujo trajeto faz parte do corredor Ecológico do Parque estadual do Conduru. Logo no início, para energizar a aventura, você poderá se banhar nas águas da Cachoeira do Noré ou na Cachoeira da Usina e ao longo do percurso poderão ser apreciadas a fauna e flora preservadas da Mata Ciliar que acompanha o Rio de Contas em todo o seu percurso.

cachoeiranore1382638647
Cachoeira do Noré em Taboquinhas // Foto: Albert Queiroz

Cachoeira da Usina em Taboquinhas // Foto: Albert Queiroz

Cachoeira da Usina em Taboquinhas // Foto: Albert Queiroz

Vila Rosa – Construída nos anos 30 durante a época dourada do Cacau. A Casa Rosa era da Família Sampaio.O Casarão e um belo exemplo de arquitetura colonial, totalmente restaurado e recuperado pelo Nova Iorquino Alan Slesinger. Após oito anos de restauração a Vila Rosa abre suas portas como uma pousada voltada para o turismo rural.

img_8367
Foto: Expedição Andando por ai.com

Passeio guiado pela Mata Atlântica, plantação de Cacau, barcaça, fábrica de chocolate, Casarão da Vila Rosa e jardins ao redor. Visita nossa fábrica artesanal de chocolate e experimenta nossos deliciosos produtos: Cacau natural, Mel de Cacau, Chocolate Caseiro e Brownie.

img_8332
Foto: Expedição Andando por ai.com

Acesso as piscinas de pedra e a represa. Lugares ótimos para nadar e remar com caiaque. O Café da Vila aberto é uma boa opção para almoço. (custo adicional) Aberto todos os dias entre 9h e 16h.

Muita emoção no Rafting – Para quem gosta de grandes aventuras, a descida de rafting nas corredeiras do Rio de Contas é a garantia de vivenciar grandes emoções.

a-trilheiros-22
São 5 corredeiras (Carrossel, Fumo, Funil, Corredor Polonês, Salto da Pancada) em um percurso de 3 km de extensão, duas horas de pura diversão, muita adrenalina e uma grande sensação de liberdade. Existem vários níveis de rafting, que traduzem as dificuldades e esforço envolvidos.

taboquinhas-rafting-8

O passeio acaba na sede da agência, onde é feito a tirolesa. A tirolesa tem 120 metros de comprimento, 9 de altura e atravessa a largura do Rio de Contas, uma delícia!

Ao Sul de Itacaré, belas praias e diversão garantida.

Vila de Serra Grande (na estrada): Está mais ou menos no meio do caminho entre Ilhéus e Itacaré e é o centrinho mais bem estruturado da região. É possível encontrar mercados um pouco maiores e alguns poucos restaurantes. Também em Serra Grande está o mirante de onde é possível ver a paisagem mais típica das fotos de Itacaré.

Mirante de Serra Grande
Mirante de Serra Grande

Praia do Sargi (na estrada):

A praia é muito boa e um pouco mais movimentada que a Ponta do Ramo. Também não há estrutura de barracas, mas é possível entrar na vila, onde há duas pequenas vendas.

Praia do Sargi

Praia do Sargi

Praia da Ponta do Ramo (na estrada):

A estrutura dessa praia se resume a umas poucas barracas de pescadores. A vantagem é que é possível aproveitar para comprar peixes fresquíssimos, a preços módicos. Os barcos voltam do mar por volta das 16h.

Praia da Ponta do Ramo

Praia da Ponta do Ramo


Itacaré é conhecida como o paraíso dos surfistas, atraídos cada vez mais por suas praias paradisíacas e o clima tropical. Entretanto, além das atrações que movimentam diretamente o turismo, está um elemento típico que se tornou, ao longo dos anos, um importante instrumento de geração de emprego e renda para a população: o cacau.

Não à toa, Itacaré está inserida na área conhecida como Costa do Cacau, que também engloba os municípios de Ilhéus, Itabuna, Uruçuca, Una, Canavieiras e Santa Luzia.

É aqui que está localizada, à margem esquerda do Rio de Contas, a Fazenda Santa Ana, um dos principais produtores de cacau, que transforma o fruto não só no chocolate Morbeck – vencedor de três prêmios internacionais entre 2011 e 2013 -, como também em biscoitos, geléias,  bolos e doces, só para citar alguns.

Chocolate Morbeck ganhou três prêmios internacionais (Foto: Thaís Seixas | Cultura Agora)
Chocolate Morbeck ganhou três prêmios internacionais (Foto: Thaís Seixas | Cultura Agora)

Quem visita a fazenda é recepcionado pelos proprietários, Ana Maria e Edgar Morbeck, que preparam  um café da manhã completo, com tudo o que os apreciadores da fruta têm direito. Lá é possível conhecer o cultivo do cacau (sem agrotóxicos, adubos químicos, fertilizantes solúveis ou produtos elaborados sinteticamente), o processo produtivo, a estrutura de trabalho e outras curiosidades sobre a fabricação dos produtos.

Edgar apresenta história do cacau e estrutura de produção da fazenda (Foto: Thaís Seixas | Cultura Agora)
Edgar apresenta história do cacau e estrutura de produção da fazenda (Foto: Thaís Seixas | Cultura Agora)

“Começamos a produzir o chocolate há 5 anos, e hoje o exportamos para países como Portugal, Espanha e Canadá, a partir de pedidos feitos pela Internet. Tudo foi feito com recursos próprios”, explica Edgar.

Após o café, a programação continua com uma visita à plantação, quando é possível aprender técnicas de adubação, preservação e prevenção às pragas, além de como é feita a retirada do famoso mel do cacau, bastante procurado pelos clientes. Quem acompanha e explica cada passo é o administrador da fazenda, Raimundo Ribeiro.

20161202_113611
20161202_113501
20161202_103010
20161202_120738

Além da plantação,  a fazenda também possui área de gado, de onde sai a matéria prima – 450 litros de leite por dia para a produção de diferentes sabores de iogurte (coco, açaí,  morango, entre outros) e de queijo.

Os interessados em passar o dia na fazenda, com direito aos passeios e duas refeições (café da manhã e almoço), devem marcar por meio do site www.fazendasantaana.com.br ou pelo telefone 73 3613-4908. O day use custa R$ 120 por pessoa. Fonte: Cultura Agora

 


Nos dias 6, 8, 13, 14, 16 e 17, os chefs dos restaurantes participantes vão receber convidados e ensinar o processo de produção do prato que representa o estabelecimento no cardápio do Festival.

15253590_1746481298702637_4683137263643632803_n

Com isso, o público poderá provar os pratos com preços promocionais, que variam de R$ 6 a R$ 40 e incluem ingredientes diversos, de frutos do mar a sobremesas. Os 42 restaurantes estão subdivididos em cinco categorias: prato principal, petisco, lanche, sobremesa e drink.

15284098_1748309795186454_6002483903302096387_n

Cozinha Show

O espaço preparado para a interação entre profissionais da gastronomia local e visitantes será montado especialmente em três pontos da cidade. Com a proposta de ser itinerante, esta semana a Cozinha Show será instalada na Praça São Miguel nos dias 9 e 10 de dezembro, finalizando nos dias 16 e 17, na Passarela da Vila.

Já passaram por lá o casal Fabrício Lemos e Lisiane Arouca, do Restaurante Origem (Salvador); a finalista do programa Hell’s Kitchen – Cozinha Sob Pressão, do SBT, a chefe Grace Trankels; o consultor gastronômico Junior França; o chef Clécio Campos, do Restaurante Itacarezinho; e a chef Marly Katarina, do Restaurante Café com Cacau, entre outros.

15253459_1748309735186460_3141523863762797331_n
Festa do Chef no Restaurante Divino Gourmet no último Domingo (04).

Programação cultural

Do lado cultural, ganham destaque as manifestações culturais quilombolas, como a Levada Cultural, Rancho, Bicho Caçador, Volta da Jiboia, Capoeira, Maculelê, Samba de Roda, Puxada de Rede, Dança Afro, entre outras que serão apresentadas.

Artistas e músicos locais também se apresentam gratuitamente ao público, como a MPB de Laís Marques, o pop rock de Abaga, o reggae do Bruta Raça, o forró de Luizinho Luz e o samba de Ronara Criola.

15241341_1742367502447350_2720187542806492797_n
Ronara Criola // Foto: Andrade Fotografias

A agenda de eventos segue até o dia 17. Uma mistura de ritmos que agrada a todos os turistas e visitantes da 3ª edição do Festival Gastronômico Sabores de Itacaré.


O encerramento da primeira semana contou com cerca de 4000 mil pessoas que prestigiaram o Festival. Por lá passaram renomados chefs que prepararam deliciosos e belos pratos, ao vivo na Cozinha Show. Manifestações culturais, além de apresentação das bandas U Tal do Xote e Ju Moraes.

A partir de amanhã (6/12), começa a programação das Festas do Chef, uma novidade do Festival. Os chefs dos restaurantes que participam do evento vão receber convidados em seus restaurantes, e ensinar como é o processo de produção do prato que está no cardápio do Festival. As Festas do Chef acontecem nos dias 6, 8, 13, 14, 16 e 17 de dezembro.

No decorrer do evento, o público degustará os pratos inscritos com preços promocionais, que variam de R$ 6 a R$ 40, o menu especial é diverso, apresenta de frutos do mar à deliciosas bebidas. Os 42 estabelecimentos participantes estão subdivididos em cinco categorias: prato principal, petisco, lanche, sobremesa e drink.

O Festival Gastronômico Sabores de Itacaré é uma realização da Prefeitura Municipal de Itacaré, através da Secretaria de Turismo, em parceria com a Bahiatursa, Governo do Estado e Brahma Extra.

Cozinha Show

O espaço preparado para a interação entre profissionais da gastronomia local e visitantes será montado especialmente em três pontos da cidade. Com a proposta de ser itinerante, esta semana a Cozinha Show será instalada na Praça São Miguel nos dias 9 e 10 de dezembro, finalizando nos dias 16 e 17, na Passarela da Vila.

A cozinha é um espaço privilegiado para os chefes mostrarem suas habilidades e ensinarem alguns de seus truques, usando como ingredientes os produtos da agricultura familiar.

Já passaram por lá o casal Fabrício Lemos e Lisiane Arouca, do Restaurante Origem (Salvador), a finalista do programa Hells Kitchen – Cozinha Sob Pressão, do SBT, a chefe Grace Trankels, o consultor gastronômico Junior França, o chef Clécio Campos, do Restaurante Itacarezinho, a chef Marly Katarina, do Restaurante Café com Cacau, entre outros.

Programação Cultural

Durante o Festival, a cultura e a música terão espaço garantido. A programação segue com eventos gratuitos. Manifestações culturais quilombolas ganham destaque, como a Levada Cultural, Rancho, Bicho Caçador, Volta da Jiboia, Capoeira, Maculelê, Samba de Roda, Puxada de Rede, Dança Afro, entre outras serão apresentadas.

Além de estrutura de palco para apresentações, sempre após a Cozinha Show, artistas e músicos locais vão mostrar seu trabalho, como a MPB de Laís Marques, o pop rock de Abaga, o reggae do Bruta Raça, Luizinho Luz traz o seu forró estilizado, além do samba de Ronara Criola.

A agenda de eventos segue até o dia 17. Uma mistura de ritmos que agrada a todos os turistas e visitantes da 3ª edição do Festival Gastronômico Sabores de Itacaré.

Feira do Agricultor

A super feirinha com produtos da Agricultura Familiar será montada nos dias 8 e 9, na Praça São Miguel, em Itacaré. Serão comercializados produtos como grãos e farináceos, arroz agulhinha polido, centeio em grão, soja grão granel, óleos, temperos, geleia, entre outros. A feirinha da agricultura familiar funcionará das 9h às 14h.

Feira de Artesanato

Esse ano o Festival terá paralelo à Cozinha Show, uma Feira de Artesanato. Os artesãos locais vão expor produtos como acessórios, roupas com estilo datado, telas, quadros, luminárias, velas, cosméticos e perfumaria artesanal e local. Além disso, os restaurantes que participam do Festival também poderão participar das feiras, comercializando seus pratos, em porções pequenas a preços promocionais.

Trilha do Cacau

A Fazenda Santa Ana é um roteiro que merece atenção especial durante o Festival. recebeu a visita de convidados e jornalistas durante o Festival. Localizada em Itacaré, o espaço trabalha de forma ética e sustentável com a produção de cacau orgânico em consórcio com outras culturas, entre elas o açaí e a pecuária com a produção de leite e derivados, dispondo também de serviços de turismo rural.

Entre os atrativos ecológicos, estão a trilha do cacau, trilha do curral, trilha do pau-brasil, trilha da cachoeira, observação de pássaros e pesca nos rios e lagos localizados na área da fazenda.

Turismo

Famosa pela beleza natural de suas praias, que atraem turistas de todo o mundo, Itacaré também oferece atrativos para todos os gostos. As praias urbanas e rurais, as águas doces das cachoeiras, o pôr do sol que tem a sua melhor vista na Ponta do Xeréu, além das igrejas centenárias, como a de São Miguel – Padroeiro da Cidade – de 1720.

O farol que pode ser visto na praia da Concha, o Rio de Contas para passeios de barco, canoa, stand up e rafting, além dos monumentos históricos, como o canhão do século XVI, em homenagem a ocupação e defesa da antiga Vila de Barra do Rio de Contas, localizado na Praça do Canhão. A cidade rica em turismo abre o verão destacando o turismo gastronômico.

PROGRAMAÇÃO OFICIAL DO FESTIVAL
01 a 17.12 – Todos os estabelecimentos participantes do Festival estarão em funcionamento para degustação dos pratos subdivididos nas seguintes categorias: prato principal, petisco, lanche, sobremesa e drink
06 a 08.12 – Festa do Chef nos Estabelecimentos participantes
09 e 10.12 –  Cozinha Show na Praça São Miguel – Orla de Itacaré
09.12 – Cozinha Show, Feira de Produtos Locais e apresentações culturais e artísticas
10.12 – Cozinha Show, Feira de Produtos Locais, e show com a Banda Utal de Xote
11 a 15.12 – Festa do Chef nos Estabelecimentos participantes
16.12 – Cozinha Show na Passarela da Vila e apresentações culturais
17.12 – Festa de Encerramentos para convidados

* Programação sujeita a alteração

Confira abaixo uma galeria especial de fotos do Evento.

[Best_Wordpress_Gallery id=”2″ gal_title=”Select Gallery”]


Confira os melhores cliques do Festival Gastronômico “Sabores de Itacaré”, nas lentes de Andrade Fotografias, nos primeiros 04 dias do evento que segue até o próximo dia 17 de dezembro, com participação de 42 estabelecimentos comerciais, e uma programação cultural que vai atrair turistas apaixonados pela boa gastronomia e música de qualidade. Os pratos variam de R$ 6 a R$ 40.

Confira abaixo a galeria de fotos do evento.

[Best_Wordpress_Gallery id=”1″ gal_title=”Select Gallery”]