Hoje é dia de São Miguel Arcanjo, padroeiro de Itacaré.

São Miguel Arcanjo padroeiro de Itacaré foi instituído ainda no período colonial, quando o povoado foi batizado de São Miguel da Barra do Rio de Contas, com a construção da capela de São Miguel Arcanjo pelo jesuíta Luis da Grã, em 1720. Em 1723, foi erguida a atual Igreja Matriz, que abriga a imagem original trazida pelos colonos portugueses. O santo, cujo nome significa “aquele que é similar a Deus” (mi-“quem”, ka-“como”, El-“deus”), o que é tradicionalmente interpretado como uma pergunta retórica: “Quem como Deus?” (em latim: Quis ut Deus?), para a qual se espera uma resposta negativa, e que implica que “ninguém” é como Deus. Assim, Miguel é reinterpretado como um símbolo de humildade perante Deus, sendo considerado o chefe dos exércitos celestiais, anjo do arrependimento e da justiça.

Hoje 29 de setembro a igreja católica homenageia o príncipe da milícia celeste, São Miguel Arcanjo ou como também é pronunciado o Arcanjo Miguel. Quando Lúcifer, arrogante e presunçoso se levanta contra Deus, Deus cria o inferno e nele são precipitados por Miguel, Lúcifer e todos os Anjos rebeldes. Dizem as Santas Escrituras, quer no Antigo Testamento, quer no Novo Testamento, que o Arcanjo São Miguel foi sempre muito amado e venerado pelo povo de Deus. O Senhor o constituiu guarda e protetor da nação israelita, como se lê no Profeta Daniel: “Surgirá Miguel, o Grande Príncipe, que guardará o teu povo (Daniel 12, 1)”.

São Miguel Arcanjo é honrado e invocado como guarda e protetor da Igreja e como guardião dos agonizantes pois é ele quem leva as almas dos que deixam este mundo, junto do Trono de Deus para o julgamento. A Igreja invoca-o como advogado de defesa na vida e na hora da morte.

Acompanhe ao vivo:


Comentários

Os comentários estão fechados.