Mulher que atropelou e matou turista em Porto Seguro diz não saber o que aconteceu.

A coordenadora de eventos Stela Adamo de Almeida, 34 anos, acusada de atropelar e matar uma turista em Porto Seguro, no Extremo Sul da Bahia, disse não lembrar do que aconteceu no momento do acidente. Ela foi ouvida nesta quarta-feira (30) pela Polícia Civil.
Segundo o titular da Delegacia de Proteção ao Turista de Porto Seguro (Deltur), Rafael Zanini, a mulher disse que perdeu o controle do veículo, mas não soube informar o que poderia ter provocado o acidente. “Ela estava muito nervosa durante o depoimento, muito emocionada, e disse ter tido um lapso de memória. Não lembrava do que aconteceu”, contou o delegado.
Ainda segundo ele, foi solicitado um exame de alcoolemia “mas testemunhas disseram que ela não parecia estar alcoolizada, apenas nervosa logo após o acidente”, afirmou Zanini.
Stela foi encaminhada para a 1ª Delegacia de Porto Seguro e terá que pagar uma fiança de R$ 8 mil para deixar a carceragem da delegacia. Ela trabalha na produção de eventos da empresa Congrega Bahia, que fica em Porto Seguro, e estava voltando de uma almoço, em Trancoso, quando perdeu o controle do carro.
 
Turistas aguardavam por amigo no momento do acidente
Gabriele Linhares Lima, 23 anos, é natural de Brasília, mas estava em Porto Seguro desde o último domingo (27), quando ela e um grupo de amigos alugaram duas casas em Arraial da Ajuda.
Na terça-feira (29), parte do grupo de amigos fizeram uma festa em uma das casas.Gabriele e o namorado dela, Joelmo Dantas, participaram do vento e, por volta das 16h, resolveram voltar para a onde estavam hospedados.
De acordo com o delegado Zanini, o casal saiu do imóvel e ficou aguardando por um outro amigo. Neste momento, Stela surgiu em um veículo Fiat Doblô desgovernados e atropelou Gabriele e Joelmo. O rapaz teve ferimentos leves. A turista ficou gravemente ferida, foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, mas morreu antes de chegar ao hospital. (Verdinho de Itabuna)

Comentários

Os comentários estão fechados.