PF usará drones para flagrar crimes eleitorais em Ilhéus e Itabuna; boca de urna e transporte irregular estão na mira.

Imagem ilustrativa

Mais uma arma para inibir a boca de urna e os crimes eleitorais será usada pela Polícia Federal nas eleições municipais. A Delegacia da PF em Ilhéus, que atende a região sul da Bahia, vai utilizar drones para fiscalizar as eleições em Ilhéus e Itabuna e demais municípios abrangidos pela regional. O anúncio foi feito na ultima sexta-feira (23) pela PF na região sul. Haverá simulação de operação do drone, na sede da Delegacia da PF em Ilhéus, na próxima terça (27), às 10 horas. Os drones irão sobrevoar as zonas eleitorais ajudando a fiscalizar e combater crimes como boca de urna e transporte de eleitores. “Tais equipamentos, capazes de se tornar imperceptíveis ao voar, possuem câmeras com zoom suficiente para identificar suspeitos, placas de veículos, entregas de santinhos ou situações de compra de votos, com bastante nitidez”, informa a regional da PF em Ilhéus.

As imagens capturadas serão transmitidas instantaneamente para a equipe de monitoramento que adotará as medidas cabíveis, conforme as atividades suspeitas. Assim, diante de algum flagrante de crime eleitoral, os policiais se deslocarão imediatamente ao local indicado para prender os suspeitos, que serão conduzidos para a Delegacia de Polícia Federal em Ilhéus. O uso de drone visa, também, evitar a presença física dos policiais nas seções eleitorais em tempos de pandemia. ELEIÇÕES 2020 O primeiro turno das eleições municipais de 2020 está marcado para o dia 15 de novembro. No sul da Bahia, nenhum município tem mais de 200 mil eleitores. Por isso, somente haverá primeiro turno na região. Em todo o estado, apenas Salvador, Feira de Santana e Vitória da Conquista têm colegiado superior a 200 mil votantes. Fonte: Ubaitaba Urgente


Comentários

Os comentários estão fechados.